Sério Mesmo? Analisando Músicas


Sabem aquelas músicas românticas que os casais da namorados vivem cantarolando, pois é a sequência de post “Sério Mesmo?” vem analisar a fundo essas canções.

Chega de papo, vamos a uma música clássica de reconquista:

“Nada pra mim – Ana Carolina”

O título já nos vem evidenciado oque encontraremos a seguir: uma pessoa que está abdicando de tudo por um motivo maior, uma música que falará sobre o ato de doar, sobre altruísmo…

“Eu não vim aqui
Pra entender ou explicar
Nem pedir nada pra mim
Não quero nada pra mim…”

Nossa querida Ana já chega de supetão, sem nem organizar as idéias, falando que não veio nem pra entender muito menos pra explicar, bem deve ter feito besteira, e nem para pedir nada; e fazendo um leve drama conclui, “não quero nada pra mim”. Isso me faz questionar o PORQUE dela ter vindo ou se está alcoolizada.

“Eu vim pelo que sei
E pelo que sei
Você gosta de mim
É por isso que eu vim…”

Já ouvi dizer que eu sou convencido, mas sinceramente. A mulher já está toda errada e em vez de dizer eu te amo diz: “Sei que você gosta de mim!”. Muito me lembra a célebre frase de Han Solo…

“Eu não quero cantar
Pra ninguém a canção
Que eu fiz pra você
Que eu guardei pra você…”

Então não cante, não grave um CD e lance a música pra vender discos e ganhar dinheiro! Tenho a leve impressão que ela está enrolando MUITO pra realmente falar ‘oque que está pegando’.

“Pra você não esquecer
Que eu tenho um coração
E é seu!”

Nesta hora o sujeito já está mais que confuso, assim como você leitor, sobre as intenções da mulher. Ela  não quer nada, só dizer que você a ama, ou tentar te convencer disso, fez uma musiquinha no melhor estilo cartinha de amor da quinta série e agora está dizendo por fim que lhe ama… aí tem coisa!

“Tudo mais que eu tenho
Tenho tempo de sobra”

Tempo de sobra você tem mesmo, agora o cara eu não sei se tem pra ficar ouvindo esse papo sem sentido.

“Tive você na mão
E agora tenho só essa canção”

Rááá, está aí toda a explicação: Ana teve um grande amor, fez uma grande besteira, está arrependida e pretende reconquistar o que ela pensa ser sua alma gêmea.

Atentemos a: ~tive você na mão~. Deve ter feito gato e sapato do pobre sujeito, pintado e bordado e todos os ditados que não consegui lembrar; querendo agora, sem nem pedir perdão, que ele volte. Olha, faz bem o pobre Juquinha ficar longe de uma doida como você.

Ana… PASSAR BEM! (mal)

Anúncios

Sobre ykizbr

Por que sempre perguntam isso? Ver todos os artigos de ykizbr

3 respostas para “Sério Mesmo? Analisando Músicas

Compartilhe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: