Browse Games


Tem dias que voce não está fazendo basicamente nada e lembra que o seu amigo tem um blog ( mas se esquece que ele nunca irá postar seu texto! huahuahua ), e bate aquela vontade de escrever algo… sagazmente veem à sua mente a ideia de fazer uma pontinha e dar uma força para o povo. Bom, sobre oque falar? Rock, cerveja, mulheres? Que nada o assunto já estava em mente. Aficcionado por jogos online ( mais precisamente Browse Games ) ando dedicando muito tempo nesse vicio, muito tempo mesmo, então porque não falar de algo que anda me fazendo acordar as 4:30 da manha para checar se está tudo bem?

Browse games são aqueles joguinhos que necessitam apenas do seu navegador ( IE, Firefox, Opera… ) para jogar, mas não são aquelas porcarias de flash ( odeio jogos em flash ^^”), um registro rápido e Bummmm tu tá pronto para se divertir por meses. Estava me perguntando porque gosto mais de BG ( livre abreviação ) do que MMORPG no estilo dos já consagrados WoW e Ragnarok. Bom a resposta é simples: nos BG vc sabe exatamente o quão bom é, tem um rank fixo para mostrar isso; além do mais ele tem um começo meio e fim. Importante também é que independente da hora que eu entre, sempre se tem milhões de coisas que se pode fazer sozinho e as suas ações nao precisam ser planejadas com outros jogadores estando todos logados.

Fazendo um breve historico ( talvez não tão breve quanto achei que seria ) da minha passagem neste mundo gammer, devo dizer que comecei com algo leve… o bom ( ok, nem um pouco bom ) Bite Fight que consistia basicamente uma guerra entre vampiros e lobisomens, com direito a compra de itens e outras coisinhas mais. Vi neste tipo de jogo a possibilidade de “enfrentar” pessoas do mundo todo em um jogo de estratégia que envolvia, ao meu ver, dedicação e planejamento… e como muitos sabem gosto de ficar horas pensando nisso. Mas Bite Fight era deveras limitado e fui migrando de jogos em jogos neste mesmo estilo: crie seu personagem, equipe ele e saia à luta. Até ser apresentado por Sckars um jogo chamado Travian… quando tudo mudou!

Travian adicionou uma tensão extra ao jogo por se tratar de um jogo de construção de império e por proporcionar muito mais possibilidades de raças, mais recursos para administrar, diversos tipos de unidades e talz. Posso dizer que foi amor a primeira vista, tratei de escolher a raça mais equilibrada, peguei umas dicas com Sckars e comecei a desenvolver a minha civilização, com uns 6 dias de jogo já estava fazendo meu exercito para subjugar meus oponentes! Diplomacia? ( eu sou é porco ) Que nada, passei a atacar os jogadores mais fracos proximo a mim, roubar seus recursos e destruir suas defesas… tudo era felicidade: atacava, lucrava e fazia mais exercitos. Mas como tudo que é bom dura pouco, fui cruelmente massacrado. Provavelmente por alguem que possuia um clan e era alvo de meus ataques, alguem que foi chorar para um player mais forte. Bom, cá estava eu lutando para seguir em frente e reerguer meu imperio, não contava porém com o instinto vingativo de meu antigo inimigo que, agora mais forte que eu, passou a me atacar diariamente e não me deixou evoluir. Assim acabou minha 1º experiencia com o Travian, durou pouco uns 20 dias mas foi deveras divertido.

Não contente em jogar diversas vezes no Travian e apanhar decidi partir para outro Browse Game, um tal de Ogame! Fui lá ver se era “O jogo” mesmo… uahshuasuhash. Chamei meu companheiro de jogatina ( Sckars ) e partimos nesse universo desconhecido. Diferente de seu antecessor, Ogame se passa em um cenario futurista cheio de naves com canhões de plasma, diversos tipos de defesas e planetas a serem colonizados… e lá estava eu desbravando essa nova galáxia de possibilidades. Decidi então frequentar foruns e estudar o jogo bem a fundo para não cometer os mesmos erros passados, dessa vez queria ser um Top Player e para tal deveria aprender com os grandes, caras que já jogavam a mais de 3 anos. Desnecessário dizer que minha 1º conta foi um fracasso, havia decidido investir tudo em frotas e fui descuidado em protege-las dos ataques inimigos… contudo percebi que havia evoluido muito em relação a outros jogos, durei mais de 2 meses e consegui lutar “pau a pau” com bons jogadores. Como sou conhecido por não desistir facil, decidi começar denovo mas com uma estratégia diferente: seria oque eles chamam de ‘Buker” ( um cara que investe muito em defesa) e “farmaria” ( atacar com objetivo de angariar recursos ) jogadores inativos. Foi nesse estilo que me fiquei no Top 400 em um cenário que jogavam mais de 5000 pessoas. Joguei por pouco mais de 1 ano, sem nunca ter perdido uma batalha em um nível que nao pudesse recupera-la em poucos dias…

É nessa hora que começo a revisar meu texto e percebo que se for contar todas as minhas historias o texto ficaria demasiado grande e então resolvo filtrar os fatos mais importantes e deixar de lado alguns que, de longe, não merecem ser citados aqui.

No auge do Ogame eu descobri um jogo desenvolvido por brasileiros e que levava em conta grande conhecimento de economia e muito, mas MUITO planejamento. Seu nome era Eixo do Mal ( era, porque ele infelizmente nao existe mais =T ) e, diferente dos outros, se passava em turnos oque mudava completamente o jeito de se jogar, alem de ser um jogo extremamente sem noção no qual você poderia evoluir tão rapidamente que em poucos dias se tornaria top e no outro não teria mais nada. Como bom desocupado que sou resolvi “estudar” o jogo mas foi completamente em vão porque ele era totalmente desconhecido, tive que aprender com um cara que eu adicionei no jogo como amigo… ele na é poca era rank 200 de 1000 e eu 600. Em poucos dias já havia aprendido tudo que ele sabia e então decidi usar uma poderosa ferramenta para o meu sucesso: Excel!!!

Nesse momento vocês ficam sem entender nada, porém tentarei explicar brevemente: Manter o exercito tem um custo em dinheiro e recursos, você gera uma quantidade de recursos por turno, na hora de gastar seus turnos você deve escolher entre gerar recursos, fazer exercitos e conquistar territórios. O Excel servia para calcular quantos turnos eu poderia passar gerando exércitos antes de ficar sem recursos e depois quantos turnos deveria passar gerando recursos para sutentar meu exército por algum tempo. Deveras complicado porem com bons resultados: passei o meu amigo e comecei a protege-lo, cheguei a ser top 70 ( algo assim ) em 2 semanas e consolidei minhas habilidades matematicas ( WTF ). Hoje em dia estou jogando Utopia Kingdoms e Guerra Khan, que usam a mesma engine. Mas isso fica para um proxima…

Jogos dos quais participei em ordem cronologica: http://www.bitefight.com.pt , http://www.knightfight.com.pt , http://www.travian.com.br/ , http://www.metaldamage.com.pt , http://www.ogame.com.br , http://www.gladiatus.com , http://www.sysemp.com , http://www.the-west.com.pt , http://www.ikariam.com.pt , http://www.utopiakingdoms.com , http://www.guerrakhan.com

Recomendo: Travian, Ogame, Ikariam e Utopia Kingdoms ou Guerra Khan

Anúncios

Sobre ykizbr

Por que sempre perguntam isso? Ver todos os artigos de ykizbr

Uma resposta para “Browse Games

Compartilhe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: